Saúde em Dia
Eletroforese de hemoglobina, entenda como é a coleta do sangue e para que serve este exame

Vamos comentar neste texto sobre a Eletroforese de Hemoglobina, entenda como é realizado a coleta do sangue e para que serve este exame.

A hemoglobina é a proteína dentro das células vermelhas do sangue responsável pelo transporte de oxigênio em todo o seu sistema circulatório para os tecidos e órgãos.

O exame de eletroforese de hemoglobina é usado para medir e também identificar os diferentes tipos de hemoglobina no sangue circulante. Tendo uma hemoglobina saudável ela será capaz de transportar e liberar oxigênio com a máxima eficiência. Se for anormal, de alguma forma, pode carregar pouco oxigênio para alcançar seus tecidos e órgãos.

Como é a coleta do sangue para realizar o exame Eletroforese de Hemoglobina

É necessário que faça um jejum de 4 horas antes da coleta do sangue, e sempre informe ao atendente os medicamentos que estiver usando.

O sangue será coletado da veia do braço normalmente como ocorre em exames de rotina, depois o material biológico será colocado em tubos contendo anticoagulante, como o nome diz, a substância evita que o sangue coagule, assim será possível realizar o teste com o material ideal.

Quais os tipos de hemoglobina que podemos encontrar, valores de referência

Os tipos de hemoglobina incluem o seguinte:

Hemoglobina A1 : Maior ou igual a 95,0%
Hemoglobina Fetal :
1 a 7 dias : Até 84,0%
8 a 60 dias: Até 77,0%
2 a 4 meses: Até 40,0%
4 a 6 meses: Até 7,0%
7 a 12 meses: Até 3,5%
12 a 18 meses: Até 2,8%
Adulto: 0,0 a 2,0 %
Hemoglobina A2 : 1,8 a 3,5 %


A separação das Hemoglobinas  por cromatografia HPLC, apresenta a vantagem de dosagem das frações Fetal, A2 além das Hemoglobinas anormais.

Hemoglobina F: Este tipo é encontrado em fetos e recém-nascidos em crescimento. Logo depois do nascimento, ele é substituído com a hemoglobina A.

Hemoglobina A: Este é o tipo mais comum de hemoglobina em crianças e adultos saudáveis.

Hemoglobinas anormais que podem aparecer no resultado (laudo do teste) e devem ser investigadas

Hemoglobina C, D, E, M e S: Estes e outras variações ocorrem raramente, são tipos de hemoglobina anormal. Ao herdar os genes que os produzem a pessoa pode adquirir diferentes tipos anormais.

O médico pode solicitar o exame de eletroforese de hemoglobina para averiguar se o paciente tem alguma doença que esteja ligada a produção de hemoglobina anormal. Veja algumas delas.

Anemia Falciforme
Esta doença é causada pela hemoglobina glóbulos vermelhos S. Devido a estrutura em forma de foice as hemácias acabam bloqueando pequenos vasos sanguíneos impedindo que o sangue circule adequadamente.

Talassemias
Uma doença genética que pode causar a produção em excesso de hemoglobina anormal e muito pouco hemoglobina A. Por um defeito genético em uma das quatro cadeias de proteínas, ou globinas, formadores da hemoglobina, sendo duas denominadas alfa e outras duas conhecidas como beta. O problema reduz ou mesmo impede a fabricação da hemoglobina normal.

A eletroforese de hemoglobina é um exame de apoio para diagnóstico de hemoglobinopatias e talassemias, além de diagnóstico diferencial de anemias e hemólise. Importante no diagnóstico diferencial de anemias, microcitoses e hemólises, além de permitir análises familiares em parentes de portadores de hemoglobinas anormais.

Os resultados do teste proporcionam confirmar ou descartar hemoglobinopatias e talassemias.