Saúde em Dia
Beta hCG

O hCG pode ser detectado na urina e no sangue de uma gestante e, portanto, o exame de gravidez pode ser realizado tanto pelo método de farmácia quanto em laboratório — mas há uma diferença. O primeiro é apenas qualitativo, indicando a ocorrência ou não da gestação, enquanto o segundo indica os níveis de beta-hCG no organismo e, portanto, é mais fidedigno.

O teste de farmácia é aplicado com auxílio de uma espécie de caneta com sensor, que deve ser inserida em um pequeno frasco com a primeira urina do dia, para uma maior precisão. Após cinco minutos de leitura, o dispositivo indica, com cerca de 98% de eficácia, a existência ou inexistência de gravidez, por meio de uma sinalização descrita no manual que o acompanha.

Os exames de farmácia podem ser aplicados desde o primeiro dia de atraso menstrual, mas, pelo motivo citado, não é recomendado que seja realizado antes de uma semana, sob risco de falso negativo.

A confiabilidade dos testes de farmácia é alta, no entanto, quando o resultado for negativo, faz-se necessário repetir a avaliação em alguns dias ou procurar um laboratório, pois os níveis de beta-hCG na urina podem ainda estar baixos, o que não conclui a inexistência de gravidez.

O exame por teste de sangue, por sua vez, pode ser efetuado a partir do segundo dia de atraso, em laboratório, embora seja interessante realizá-lo após duas semanas. A avaliação indica os níveis de beta-hCG no organismo, que, em mulheres grávidas, é de 5 mlU/ml ou mais e, portanto, mais preciso.

Faça seu exame em um LABORATÓRIO CREDENCIADO.